RSS
O Conexão UMADEN agora se chama Conexão Jovem!

Estamos em um novo endereço, a partir de agora se você quer saber informações sobre o Departamento de Jovens e Adolescentes acesse o Blog do DEJAD.

Os segredos do sucesso e da felicidade no namoro cristão - Parte 1

Por Harlyson Silva

Quantos jovens, quantos rapazes e moças hoje não procuram um relacionamento duradouro, em que possa ser feliz e encontrar estabilidade sentimental? Mas o que deveria ser uma coisa boa e agradável tem decepcionado muitas pessoas e causado marcas profundas. Um namoro nunca será um “mar de rosas”, mas ele pode sim nos proporcionar momentos alegres, sempre na presença do Senhor Jesus. Então, onde e como podemos encontrar essa “alegria”? Podemos, à luz da bíblia e com um pouco de bom-senso, observar algumas dicas:

1. Não tenha um namoro para ser feliz. Procure a felicidade no Senhor Jesus. Ele deve ser a fonte primeira de toda felicidade, todo deleite, todo gozo. Somente nEle você pode se sentir completo; nEle, seu coração encontrará prazer, e a felicidade do seu coração transformará seu semblante, te proporcionando uma sensação de bem-estar e uma boa aparência. Olha como o rei Davi é um exemplo nesse aspecto:

Salmos 43:4 Então irei ao altar de Deus, a Deus, que é a minha grande alegria; e ao som da harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu.

Salmos 98:4 Celebrai com júbilo ao Senhor, todos os habitantes da terra; dai brados de alegria, regozijai-vos, e cantai louvores.

Salmos 100:2 Servi ao Senhor com alegria, e apresentai-vos a ele com cântico.

Salmos 119:77 Venham sobre mim as tuas ternas misericórdias, para que eu viva, pois a tua lei é o meu deleite.

Salmos 119:92 Se a tua lei não fora o meu deleite, então eu teria perecido na minha angústia.

O profeta Jeremias também:

Jeremias 15:16 Acharam-se as tuas palavras, e eu as comi; e as tuas palavras eram para mim o gozo e alegria do meu coração; pois levo o teu nome, ó Senhor Deus dos exércitos.

Mas olha o que acontece com quem busca os deleites mais do que o Senhor:

Tito 3:3 Porque também nós éramos outrora insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias paixões e deleites, vivendo em malícia e inveja odiosos e odiando-nos uns aos outros.

Tiago 4:1 Donde vêm as guerras e contendas entre vós? Porventura não vêm disto, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?

Tiago 4:3 Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.


2. Você deve achar a felicidade em si mesmo. Você precisa gostar do que você é, do que você faz, até mesmo das suas obrigações. Se você não “se ama”, como poderá amar outra pessoa? Se você não é feliz, como poderá transmitir felicidade?... Tenha planos, projetos, objetivos a serem traçados na vida. Tenha uma paixão, algo que goste de fazer quando está a sós ou com os amigos, seja tocar um instrumento, cantar, pintar, praticar um esporte...achar alegria em si mesmo é conseqüência de achar alegria no Senhor. Releia os versículos acima.

Provérbios 9:8 O que adquire a sabedoria é amigo de si mesmo; o que guarda o entendimento prosperará.

3. Faça alguma coisa. Mexa-se! Estude, adquira conhecimento e sabedoria; tenha um emprego; corra atrás dos seus objetivos para realizá-los; faça algo e seja útil na casa do Senhor, participe de atividades! Além de te fazer amadurecer, tudo isso fará com o que você tenha o que compartilhar no seu namoro.

4. Seja obediente aos seus pais e os honre. Lembre-se que honrar os pais é um mandamento bíblico com promessa de muitos dias na terra:

Êxodo 20:12 Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

Quem não honra os pais, corre o risco de morrer cedo e deixar o cônjuge viúvo logo... e fique certo disto: você será o cônjuge amanhã o(a) filho(a) que você é hoje. Isso significa que, se você desrespeita seus pais, fará o mesmo com o(a) seu(sua) esposo(a). E nem adianta dizer que não vai. No namoro, talvez até dê para segurar, mas, no casamento, as mascaras cairão. A desculpa de que você só grita seus pais porque eles não te compreendem, mas com o(a) namorado(a) é diferente, também não vale. Após o casamento e com o passar de um pouco de tempo, as coisas se “normalizarão” e você voltará às velhas práticas, criando contendas e destruindo seu casamento.


Na próxima postagem continuaremos a nossa conversa. Por hora... vá orando e esperando no SENHOR!!!

0 comentários:

Postar um comentário